Dr. Teuto

Blog

Blog


12/10/2020 Notícias

Como anda a saúde e o bem-estar dos idosos em todo o mundo?

OMS lança portal com dados e indicadores de pessoas com 60 anos ou mais

Como anda a saúde e o bem-estar dos idosos em todo o mundo?

Estima-se que o número de idosos com 60 anos ou mais dobre até o ano de 2050 no mundo e especialmente nas Américas. Esse dado é animador, tendo em vista que reflete em uma expectativa de vida maior para esse grupo. Entretanto, é preciso observar que a qualidade de vida é tão importante quanto saúde e bem-estar dos idosos.

Por este motivo, no dia 1 de outubro de 2020 (dia mundial da pessoa idosa), a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou um portal com dados e indicadores que atestam a qualidade de vida dos idosos em todo o mundo. O objetivo do portal é concentrar os dados para que todos os países tenham acesso às informações.

A partir de tudo que for coletado, os países terão o conhecimento necessário para desenvolverem estratégias e políticas públicas para melhorar a vida dos idosos em cada região. Veja neste post como funciona o portal!

Como e onde acessar o portal

Para acessar o portal é preciso ter um dispositivo com acesso a internet e um navegador compatível com o sistema do site, como o Google Chrome, Opera, Mozilla Firefox, entre outros.

Em seguida basta entrar no site da OMS pelo endereço: https://www.who.int/data/maternal-newborn-child-adolescent-ageing/ageing-data, ou acessar pelo link disponível aqui.

Dados e Indicadores disponíveis no portal

O portal possui um menu interativo com 10 títulos que podem ser acessados com apenas um clique. Os dados e indicadores disponíveis são relacionados a:

●      Demografia;

●      Principais causas de morte;

●      Fatores de risco;

●      Expectativa de vida saudável;

●      Envelhecimento saudável;

●      Compromissos do governo;

●      Melhores cidades e comunidades para idosos;

●      Envelhecimento;

●      Cuidado integrado;

●      Cuidados a longo prazo.

 

A importância e a utilidade dos dados do portal reside no fato de que é com informação que melhores medidas são tomadas para solucionar questões importantes. Dessa forma, o portal ajuda muito organizando as informações por diversos parâmetros e depois as dividindo em categorias que podem ser acessadas por qualquer pessoa.

Sabendo a porcentagem de idosos no mundo é possível verificar a relevância de estratégias de acessibilidade. Conhecendo quais países obtêm mais progresso em relação a qualidade de vida dos idosos é possível utilizá-los como referência para outras regiões, e assim por diante.

Políticas públicas focadas nos idosos

As políticas públicas são atividades realizadas pelo governo para melhorar a vida de todos os cidadãos ou de uma parcela específica de pessoas.

Um bom exemplo são as medidas realizadas para a proteção dos idosos em tempos de pandemia, já que eles fazem parte do grupo de risco que mais sofre complicações graves quando infectados pelo coronavírus.

Além disso, no caso das políticas públicas direcionadas aos idosos, elas influenciam em seu bem-estar em geral, bem como ajudam no controle da mortalidade e aumento da qualidade e expectativa de longevidade desse grupo.

Tudo isso deve ser feito visando a saúde e bem-estar dos idosos a curto, médio e longo prazo, de modo que as próximas gerações de idosos também possam aproveitar os bons resultados obtidos a partir das políticas públicas criadas hoje.

Acompanhe nosso blog e fique por dentro de diversos conteúdos relacionados!

 

Fonte:

https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6300:oms-lanca-portal-com-dados-mundiais-sobre-saude-e-bem-estar-de-pessoas-idosas&Itemid=820
https://www.who.int/data/maternal-newborn-child-adolescent-ageing/ageing-data
https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6296-pessoas-com-mais-de-60-anos-foram-as-mais-atingidas-pela-covid-19-nas-americas&catid=1273&Itemid=837

Assuntos relacionados: SAÚDE E BEM-ESTAR DOS IDOSOS