Blog


26/07/2019 Medicina

Qualidade de vida do médico: Saiba como manter sua saúde e bem-estar em dia!

Rotina corrida exige atenção redobrada dos profissionais de saúde. Veja como manter um dia a dia saudável

Qualidade de vida do médico: Saiba como manter sua saúde e bem-estar em dia!

A rotina, muitas vezes estressante, dividida entre hospitais, clínicas e postos de saúde, impacta na qualidade de vida do médico de maneira muito negativa, resultando em problemas de ordem física e mental.

Como se isso já não fosse ruim o suficiente, pesquisas recentes apontam que a percepção do brasileiro sobre a qualidade de vida no trabalho tem caído. Em 2018, um levantamento da Sodexo avaliou uma queda de 4% em relação ao ano anterior.

O fato é que não podemos negligenciar essa parte de nossa vida, sob o risco de termos perdas em vários sentidos. Entretanto, o que pode ser feito para garantir a manutenção da saúde física e mental para quem lida com a rotina médica?

Confira nossas dicas e fique por dentro de alguns cuidados simples, mas muito eficientes!

Organizar o dia a dia

Apesar de ser um pouco complicado, o médico precisa tentar manter o máximo possível uma rotina no seu dia a dia. Isso ajuda o organismo a funcionar melhor, assim como a mente. É preciso considerar que nosso cérebro se sente mais confortável com as responsabilidades quando elas já estão organizadas.

Além disso, quando mantemos uma simples agenda ou fazemos um planejamento no dia anterior, é possível evitar boa parte do estresse do cotidiano como, por exemplo, perder a hora.

Meditar

Não conseguir relaxar é um problema muito comum entre médicos, especialmente aqueles que levam trabalho para casa. A meditação é uma prática que pode ser feita em qualquer lugar, ocupando poucos minutos do dia.

Além de ajudar a tranquilizar a mente, meditar também auxilia na organização dos pensamentos e no foco.

Conectar-se consigo mesmo

Pode parecer estranho, mas não é. A rotina dos hospitais e clínicas acompanha os profissionais de saúde onde quer eles estejam. Sendo assim, uma das melhores formas de pensar em coisas diferentes e se desligar um pouco das questões do dia a dia é “estar só”.

Por exemplo, que tal aproveitar para caminhar e conhecer a cidade? Além de colocar o corpo em funcionamento com um exercício leve, a experiência de ver coisas novas e conhecer novas pessoas serve como uma “recarga” extra para o dia a dia.

Deixar de lado as redes sociais

As redes sociais, de fato, são uma ferramenta muito importante para a comunicação e informação. No entanto, em algumas situações elas podem afetar a qualidade de vida do médico, especialmente no aspecto mental quando nos estressamos ainda mais com conversas desagradáveis online.

Melhor aproveitar esse tempo livre para ver um filme, assistir um documentário ou simplesmente sair e tomar um bom vinho!

Buscar ajuda

Não é uma regra, mas boa parte dos profissionais da medicina tem uma ideia errada de que problemas psicológicos são sinais de fraqueza. Um médico é um ser humano e o seu cérebro tem substâncias químicas que podem entrar em desequilíbrio causando ansiedade, depressão e síndrome do pânico, entre tantas outras doenças.

Por isso, quando perceber que tem algo errado e que não está bem, ele precisa se desvencilhar dessa ideia e ir buscar ajuda. Afinal, o equilíbrio da mente tem um peso muito grande na qualidade de vida do médico.

E você? Tem alguma outra sugestão para melhorar a rotina médica? Deixe em nossos comentários!

Assuntos relacionados: Qualidade de vida do médico