Blog


21/02/2019 Medicina

Saiba o que é a medicina do estilo de vida e conheça sua importância

Conceito foi desenvolvido pelo Dr. Edward M. Phillips, da escola da medicina de Harvard

Saiba o que é a medicina do estilo de vida e conheça sua importância

Segundo a definição do American College of Lifestyle Medicine, o termo Medicina do estilo de vida consiste no ‘’uso terapêutico de intervenções de estilo de vida baseadas em evidências, para tratar e prevenir doenças a ele relacionadas em um cenário clínico. A medicina do estilo de vida capacita os indivíduos com conhecimentos e habilidades para fazer mudanças de comportamento eficazes, que abordem as causas subjacentes da doença.”

Portanto, baseia-se na prevenção, recuperação e, principalmente na manutenção da saúde por meio de mudanças de hábitos, envolvendo principalmente 4 fatores:

  • Alimentação equilibrada;
  • Sono de qualidade;
  • Pratica regular de atividade física;
  • Administração e controle do estresse.

Para entender melhor sobre este novo conceito e sua importância continue lendo este artigo.

 

 

O que é a medicina do estilo de vida?

As doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) possuem forte relação com os fatores citados anteriormente ou com a falta deles.

O novo desafio na prática médica é realizar consultas que permitam uma orientação direcionada especialmente ao autocuidado do paciente, com objetivo de proporcionar transformações efetivas na maneira como os indivíduos levam suas vidas.

Logo, a medicina do estilo de vida baseia-se na orientação de mudanças de hábitos para que seja possível prevenir doenças.

Qual a importância da medicina do estilo de vida?

Os hábitos são ciclos simples gerados pelo cérebro com o objetivo de poupar energia. E a forma mais efetiva de alterar o looping do hábito é substituir a velha rotina por uma nova, utilizando o gatilho e a recompensa.

Um dos conceitos que mudam o estilo de vida são os hábitos angulares que consistem em mudanças simples, mas capazes de gerar pequenas vitórias.

Esse mecanismo gera um ciclo de conquistas em diversos aspectos da vida, como o caso de alguém que passa a praticar atividade física e, por consequência, começa se alimentar de forma mais saudável, dorme melhor, experimenta as sensações boas da endorfina e, ao sair para se exercitar, também melhora suas relações interpessoais.

Por fim, compreende-se que os conceitos da medicina do estilo de vida não pensam somente no desafio relacionado à orientação dos pacientes, mas também em desenvolvimento pessoal, pois em suma toda a vida não passa de uma massa de hábitos e, para mudá-los, é necessário manejar os mecanismos de auto sabotagem e sair da zona de conforto.

Assuntos relacionados: MEDICINA DO ESTILO DE VIDA