Blog


14/09/2018 Medicina

Médicos de Singapura removem tumor de 27 kg do útero de uma paciente

Mioma benigno causa espanto por seu tamanho e peso

Médicos de Singapura removem tumor de 27 kg do útero de uma paciente

Infelizmente o número de casos de mulheres com tumor no útero tem aumentado e, apesar de ser considerado ainda como um tumor raro, recentemente uma notícia chocou o mundo da medicina e reafirmou a importância de um acompanhamento médico eficiente.

Médicos de Singapura removeram um tumor no útero de uma mulher que pesava nada mais nada menos do que 27 kg! O tumor raro era benigno e o tamanho se deve ao fato de que a paciente conviveu por muitos anos com o tumor no útero por medo de fazer a cirurgia.

A paciente, de 53 anos, reclamava apenas da falta de ar, único sintoma para ela. Geralmente é comum o relato de sangramentos e dores abdominais além de problemas na bexiga e urina, nenhum deles apontados neste caso.

Tamanho e peso do tumor no útero

 

 

Ao término da cirurgia constatou-se o tamanho do tumor no útero da paciente. Já se imaginava que ele fosse grande, afinal, era possível ver de modo bastante visível. Além de pesar 27 kg, o tumor tinha também 63 cm.

Além de remover o tumor foi necessário contar com profissionais da área plástica a fim de que a reconstrução da parede do abdômen fosse feita.

Felizmente, apesar de algumas complicações durante a operação, já que muito sangue foi perdido, a paciente se recuperou completamente após dois meses da cirurgia considerada, portanto, como um sucesso!

Riscos e a importância da prevenção

Apesar de este ter sido um caso de tumor raro e benigno, é válido destacar que os riscos corridos pela paciente foram muitos, intensificados ainda mais graças à demora na procura por tratamento e consequente realização da cirurgia.

Acontece que este tipo de tumor no útero tende a crescer muito rapidamente podendo impactar e deformar alguns órgãos que estejam próximos ao mioma em questão. É válido reafirmar a importância dos exames e consultas preventivas para evitar situações como essa.

Aproveite para assinar e receba nossas newsletters e mantenha-se atualizado com notícias e informações pertinentes à área médica, como essa que diz respeito a um tumor raro.

Assuntos relacionados: TUMOR NO ÚTERO, TUMOR RARO.