Blog


27/08/2018 Tecnologias

Empresa cria o primeiro chip GPS para rastreamento de pessoas com Alzheimer

As inovações tecnológicas têm um papel fundamental na descoberta de novos tratamentos médicos.

Empresa cria o primeiro chip GPS para rastreamento de pessoas com Alzheimer

As inovações tecnológicas têm um papel fundamental na descoberta de novos tratamentos médicos. Em situações de doenças neurodegenerativas, por exemplo, pessoas com Alzheimer, a tecnologia pode auxiliar na localização dessas pessoas evitando que elas corram algum risco.

 

Recentemente, a empresa americana Three Square Market (32M) apresentou seu mais novo projeto: um implante com funções de Chip GPS destinado para adultos em situação vulnerável que correm o risco de se perder e não mais voltar para suas casas.

 

A novidade foi anunciada em um programa da TV aberta americana na última semana de agosto (2018). De acordo com Todd Westby, CEO da empresa, a companhia está trabalhando no desenvolvimento de um chip GPS que seja ativado por meio de comandos de voz. Além de fazer o rastreamento e o monitoramento dos sinais vitais do portador, a nova tecnologia é carregada com o calor do corpo.

 

 

 

Segundo Todd, a previsão inicial da empresa é de que o primeiro teste oficial seja realizado no ano que vem. Somente depois dessa fase inicial é que os próximos passos serão tomados, entre eles, solicitar a aprovação do Food and Drug Administration (FDA) – órgão americano responsável pela regulamentação de equipamentos, alimentos e medicamentos relacionados à saúde.

Novas tecnologias de rastreamento têm ampla demanda no mercado

Estudos realizados na área da saúde apontam que há uma crescente demanda na procura por dispositivos que seguem essa premissa. Cuidadores de idosos e outros profissionais, por exemplo, querem ter meios mais eficientes para obter informações ágeis, completas e em tempo real sobre os pacientes que apresentam um quadro de desorientação, como amnésia e o não-reconhecimento de pessoas e lugares.

 

Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que atualmente mais de 47 milhões de pessoas sofrem com algum tipo de problema relacionado ao cérebro. A maior faixa é ocupada pelos pacientes com demência. A estimativa é de que até o ano de 2030 esse número chegue a 75 milhões.

 

O implante Chip GPS da Three Square Market (32M) pode enfrentar alguns problemas no futuro. O fator de maior destaque é que eles podem não funcionar em todos os locais assim como ocorre com os sistemas de GPS tradicionais. Ainda assim, é uma luz, uma alternativa para garantir mais segurança às pessoas com Alzheimer.

Assuntos relacionados: Pessoas com Alzheimer, Chip GPS.