Blog


29/06/2018 Notícias

Mortes por diabetes crescem no Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde

Os óbitos por causa da doença cresceram 12% em seis anos, entre 2010 e 2016.

Mortes por diabetes crescem no Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde

O Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) divulgou números atualizados da diabetes no Brasil recentemente. De acordo com o estudo, o número de doentes cresceu entre homens e mulheres e as mortes subiram 12% entre 2010 e 2016.

O Ministério da Saúde divulgou essas informações na quarta-feira (27), data em que é comemorado o Dia Nacional do Controle da Diabetes. Os números são preocupantes e exigem a atenção de todos: saúde pública, profissionais da saúde e da população também, é claro!

Crescimento da diabetes

O estudo do MS revelou que foram 406.452 mortes de brasileiros, ligadas à diabetes no período relacionado a pesquisa. De 54.877 óbitos em 2010, avançamos para 61.398 em 2016. Um crescimento de 12% da quantidade de falecimentos em apenas seis anos.

Os dados da Vigitel (Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) também são preocupantes em relação a diabetes. O estudo, feito por telefone pelo MS, revelou um aumento no diagnóstico da doença em todo o país.

 

 

Os homens representavam 4,6% dos diagnósticos no levantamento feito em 2006. Na nova pesquisa, em 2017, os diagnósticos masculinos passaram para 7,1% do total. Um crescimento de 52% na participação dos homens nos diagnósticos da diabetes.

Já as mulheres também tiveram um crescimento no mesmo período, foi um aumento de 28,5%. A diabetes em mulheres chegou a marca de 8,1%, superando o percentual de diagnósticos masculinos.

Esses aumentos representam só uma coisa: a população ainda não está cuidando da sua saúde como deveria. Os efeitos da diabetes ainda não são tão levados a sério como a doença exige e por isso os diagnósticos e mortes aumentam a cada ano.

A importância de falar sobre a diabetes

A diabetes afeta milhares de brasileiros todos os anos e, com vimos, é responsável por causar muitas mortes. A doença também tem consequências sérias se não tratada corretamente, como a cegueira e até a amputação de membros.

Trata-se de um diagnóstico perigoso, com complicações muito sérias e que precisa ser levado a sério por todos. E, nesse contexto, profissionais de saúde têm um papel de destaque. Cabe a estes profissionais orientarem a população sobre os riscos da doença, especialmente o público de risco.

Apenas com a completa conscientização da população e atuação firme dos profissionais de saúde é que podemos de fato controlar o problema. A falta de conhecimento é um inimigo grave da saúde pública e os médicos, enfermeiros e demais profissionais podem e devem combater a desinformação.

Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais e ajude a conscientizar sobre os perigos da diabetes e suas consequências.

Assuntos relacionados: DIABETES