Blog


22/03/2018 Medicina

Especialidades médicas: Medicina do esporte

Especialidade médica conta com 800 profissionais no Brasil e cresce todos os anos.

Especialidades médicas: Medicina do esporte

A medicina do esporte é uma especialidade médica encarregada de compreender como o esporte influencia o corpo humano, seus resultados e até as consequências negativas que as atividades podem trazer, quando praticadas equivocadamente ou ainda por pessoas doentes.

A medicina esportiva trata desde atletas profissionais até pessoas comuns, sendo que ambas possuem alguma ligação com o esporte. Seja para iniciar o treino em uma academia, ou a prática de uma modalidade esportiva qualquer, é altamente recomendada a consulta ao médico do esporte.

No Brasil essa especialidade teve sua residência médica reconhecida em 2005 e está sob responsabilidade da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE). Estima-se que existam em torno de 800 profissionais qualificados nessa especialidade médica atualmente e vinculados a SBMEE.

O que faz o médico do esporte?

O profissional de medicina esportiva detém o conhecimento de diferentes áreas do corpo humano e compreende como essas regiões são afetadas pela prática de exercícios físicos. Algumas pessoas chegam a chamar o médico do esporte de clínico geral, com ênfase ao diagnóstico, tratamento e prevenção de lesões e outras doenças esportivas.

Veja algumas responsabilidades dessa especialidade médica:

  • Avaliação geral do corpo para a prática de atividade física;
  • Sugestão de melhor treino ou modalidade ao paciente;
  • Acompanhamento dos impactos dos exercícios no organismo;
  • Prevenção ou tratamento de lesões causadas pelo esporte;
  • Reabilitação de atleta à prática esportiva;
  • Controle Anti-Doping em competições esportivas;
  • Traumato-Ortopedia Desportiva;
  • Cardiologia do esporte;
  • Medicina do exercício;
  • Entre outras.

Vale lembrar, no entanto, que o médico do esporte não substitui o acompanhamento de outros especialistas. Pacientes com doenças crônicas, por exemplo, devem ter o acompanhamento do especialista em sua patologia e também do médico do esporte, quando pretendem iniciar uma atividade física.

Como especializar-se em medicina esportiva?

A formação na medicina do esporte se dá com três anos de residência médica na área, ou ainda, com uma pós graduação para médicos já especializados em outras áreas da medicina.

 

 

A residência começa logo após o término da faculdade de medicina e abrange diferentes áreas do conhecimento. O profissional também deve ser registrado junto a SBMEE e participar das certificações de especialista emitidos anualmente pelo órgão.

A lista das instituições que oferecem a especialização em medicina esportiva pode ser vista no site da Sociedade, clicando aqui. Já a busca por especialistas pode ser feita também no site da SBMEE através desta página.

Gostou de aprender mais sobre a medicina do esporte? Aproveite para ver os demais posts da série especialidades médicas e recebê-los diretamente em seu email. Inscreva-se em nossa newsletter agora mesmo!