Blog


13/07/2017 Dicas

7 dicas essenciais para a decoração de um consultório médico

Uma boa decoração do consultório médico pode influenciar, inclusive, no andamento da consulta. Entenda por que e veja dicas para escolher a sua

7 dicas essenciais para a decoração de um consultório médico

Nenhuma pessoa gosta e se sente confortável em ambientes desorganizados, escuros e que passem uma imagem de desleixo. Por que haveria de ser diferente em uma clínica?

A decoração de um consultório médico, embora não pareça interferir no exercício da função, afeta, sim (e muito) a percepção do paciente em relação ao profissional.

Em geral, quando uma pessoa busca o atendimento médico, ela se encontra em um momento sensível, de ansiedade ou de desconforto físico, com alguma dor crônica por exemplo. Por esse motivo, apostar em uma boa decoração do consultório melhora a relação entre o médico e o paciente, que se sente mais confortável no ambiente da clínica.

 

Veja 7 dicas para uma boa decoração de consultório médico

 

1. Comece na sala de espera

A decoração do consultório não se restringe à sala do médico e deve ser pensada para atender toda a experiência do paciente. Aqui, cabe o ditado de que "a primeira impressão é a que fica". Portanto, comece já na sala de espera. Além de apostar em cadeiras ou poltronas confortáveis, preste atenção também às opções de distração, como uma televisão (em canais com programas agradáveis, de preferência não noticiosos), e revistas ou jornais para leitura.

 

 

2. Busque o meio termo entre o estéril e o excessivo

A decoração de um consultório médico deve, é claro, passar uma sensação de limpeza e higiene. Entretanto, é bom tomar cuidado para não torná-lo frio e estéril demais, com aspecto hospitalar. O paciente deve se sentir acolhido, e não repelido do ambiente.

 

3. Aposte em móveis de madeira

O elemento proporciona calor de forma natural, uma boa opção para tornar o ambiente mais aconchegante. Vale apostar em mesas ou balcões de madeira e até em painéis para a parede feita do material.

 

4. Atenção especial à iluminação

Se o ambiente não tem luz natural ou mesmo se tem luz natural em excesso, é essencial buscar um equilíbrio para tornar a decoração do consultório médico mais aconchegante. Uma boa ideia é apostar em iluminação indireta, com abajures ou lustres de luz amarela, e cortinas, que valorizam o ambiente e também proporcionam uma sensação de aconchego.

 

5. Dê um toque pessoal à decoração do consultório médico

Outra forma de evitar que o ambiente lembre um hospital é investir em elementos com um toque pessoal na decoração. Flores, por exemplo, são bonitas e dão um ar mais autêntico e vivo ao ambiente. Opte pelas naturais e cuidado com espécies que podem atrair poeira ou liberar pólen. A dracena, planta com folhas largas e bastante resistente para ambientes fechados, é uma boa opção. As orquídeas também são indicadas, pois embelezam e têm um aroma leve e agradável.

 

6. Cuidado com exposição de diplomas e fotos pessoais

É normal que diplomas e títulos de especialista sejam exibidos na decoração de um consultório médico. Entretanto, o ideal é equilibrar e evitar o excesso. Os Conselhos de Medicina permitem a divulgação de somente duas especialidades. Também é relevante expor cursos importantes feitos no exterior. Por isso, uma dica é se limitar a colocar certificados de graduação e da residência médica, título de membro de sociedade da especialidade (limitando-se a dois) e alguns cursos importantes. O ideal é renová-los constantemente, substituindo os antigos por atuais. Sobre fotos pessoais, vai de cada médico optar por expor ou não.

 

7. A influência das cores na decoração de um consultório médico

A sétima e última dica diz respeito à influência das cores na decoração do consultório médico. Cada uma transmite uma informação e sensação, e é interessante observar isso ao escolher a paleta de cores da decoração. Veja as principais:

 

  • Branco - transmite sensação de paz e pureza, e ajuda a ampliar o espaço. Em excesso, entretanto, pode tornar o ambiente frio e estéril. Uma opção é equilibrá-lo com outros tons claros, como o bege ou cinza.
  • Azul - transmite harmonia, tranquilidade, confiança e sentimentos relaxantes. É bastante indicado para a decoração de consultórios médicos, pois contrasta bem com madeira.
  • Verde - o mesmo vale para o verde, que combina com móveis de madeira. A cor é associada à liberdade, harmonia, equilíbrio e saúde. É uma cor aconchegante.
  • Vermelho - transmite energia, força, vigor e paixão. Por ser uma cor quente, estimula a interação. Vale apostar em objetos como quadros com essa tonalidade para trazer mais alegria para o ambiente.

 

E você, doutor, gostou das dicas de decoração para o consultório? Assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as dicas do Dr. Teuto!

 

Leia também:

Saiba quais são as especialidades médicas do futuro

Como planejar uma boa aposentadoria médica

Saiba quais são os principais tipos de transtornos mentais

 

Importante: O objetivo deste blog é trazer informações atualizadas sobre o setor médico/farmacêutico. O conteúdo não expressa a opinião da empresa/Laboratório Teuto | Pfizer.

Assuntos relacionados: Decoração, Consultório Médico