Blog


31/10/2012 Notícias

Mamografia divide opiniões de especialistas

Apontado como uma das principais causas de morte entre mulheres, o câncer de mama deve registrar, somente este ano, aproximadamente 52 mil casos, estima o Instituto Nacional de Câncer.

Mamografia divide opiniões de especialistas

Um alerta vindo do INCA – Instituto Nacional do Câncer fez surgir uma polêmicae dividiu opiniões entre especialistas: o exame de mamografia traz benefícios ou malefícios?

O fato é que há algum tempo a mamografia deixou de ser unanimidade como a melhor alternativa de prevenção. Depois de meio século, surgem questionamentos a cerca da exposição excessiva à radiação, tornando os testes recomendados após 50 anos. Há também médicos que permanecem considerando que o exame torna-se importante a partir dos 40.

Diante do impasse, muitos médicos encontram-se preocupados e as mulheres, ainda mais, uma vez que a técnica era, até então, a melhor forma de prevenção contra a doença.

Oncologista e sanitarista do INCA, Rogério Correa afirma: “Apostamos em uma estratégia que não tem funcionado. Hoje, a mortalidade está maior a cada ano”.

Apontado como uma das principais causas de morte entre mulheres, o câncer de mama deve registrar, somente este ano, aproximadamente 52 mil casos, estima o Instituto Nacional de Câncer.

No Brasil, 12.852 pessoas morreram em decorrência da doença. Dessas, 12.705 do sexo feminino. Rogério Correa chama a atenção para os números e diz que eles apontam para a possibilidade de equivoco quanto aos caminhos para a prevenção do câncer de mama.

*Com informações Correio Braziliense