Blog


01/10/2010 Notícias

Educação para o Trânsito é tema de ação pedagógica no Laboratório Teuto

Cerca de 178 alunos participaram das atividades desenvolvidas pelos colaboradores do centro educacional

Educação para o Trânsito é tema de ação pedagógica no Laboratório Teuto

O Centro Educacional Infantil Hipoderme encerrou nesta quinta-feira (30) mais uma ação pedagógica em que participaram cerca de 178 alunos. Durante a semana, os educandos participaram do projeto "Educação para o Trânsito" que teve como objetivo desenvolver com as crianças o respeito e a educação no trânsito.

Segundo a coordenadora pedagógica do centro educacional, Marly dos Santos, a direção procura trabalhar temas relevantes e atuais. Com muita criatividade, os professores atuam para despertar o interesse dos alunos. A "Semana Nacional do Trânsito", é um assunto importante e preocupa autoridades e a sociedade.

Por isso, nada melhor que começar a conscientizar os futuros motoristas ainda na infância. "Outro aspecto que vale salientar é que essas atividades não são apenas para a conscientização dos alunos. A maioria das crianças são propagadoras das informações absorvidas com a realização dos exercícios em sala de aula, em especial com os pais", garante.

Para aplicar as atividades relacionadas à "Educação para o Trânsito", a diretora do centro educacional, Tereza Rodrigues, contou com a participação dos 50 colaboradores do departamento. Na ação os alunos confeccionaram cartazes utilizando recortes e colagens de símbolos que remetem ao trânsito, músicas, poesias, gravuras e pesquisas sobre as leis de trânsito. Os pedagogos ainda realizaram para que as crianças identificassem os tipos de transporte e a influência deles na integração social.

Marly explicou que todas as atividades pedagógicas desenvolvidas procuraram chamar a atenção dos alunos para identificar a educação para o trânsito como fator de segurança pessoal e coletiva. "Com isso queremos despertar um comportamento que proporcione segurança no trânsito. E nas primeiras ações já obtivemos respostas positivas com a participação de todas as crianças", disse.

O trabalho feito pelo Centro Educacional Infantil Hipoderme contribui na conscientização coletiva sobre a segurança no trânsito e a participação de cada cidadão para a redução de acidentes e demais problemas inerentes ao setor. Segundo dados da companhia municipal de trânsito e transportes de Anápolis (CMTT), este ano foi registrado uma redução no número de acidentes, em parte, devido à conscientização dos motoristas.

Em relação ao mesmo período de 2009, entre os meses de janeiro e junho de 2010, houve uma queda de 8,83% na quantidade de vítimas em acidentes de trânsito no município. Nos casos considerados mais graves, os números são ainda mais relevantes. Em relação ao mesmo período do ano passado, de janeiro a junho de 2009, a quantidade de acidentes com vítimas fatais diminuíram 32,25%.

Centro de Educação Infantil Hipoderme - A equipe da creche é dirigida pela pedagoga Tereza Rodrigues e tem mais de 50 colaboradores entre professoras formadas em pedagogia, estagiárias remuneradas (que cursam pedagogia e são professoras auxiliares), coordenadora pedagógica, pediatra, enfermeira, nutricionista, psicólogo, dentista, além da equipe de limpeza e cozinha. "Algumas funcionárias estão estudando pedagogia e incentivamos que elas estudem. Uma de nossas professoras, que hoje é formada em pedagogia, trabalhava na cozinha do Centro de Educação", explica Tereza Rodrigues.

Instalada numa área de 1.348 metros quadrados o Centro de Educação Infantil Hipoderme tem todo mobiliário, livros, material didático e até espaço físico adequado à idade de cada criança. "Tudo para formar os cidadãos de amanhã com autonomia para tomar decisões e até para reivindicar direitos", conta Tereza. O trabalho de pré-alfabetização realizado no Centro de Educação faz com que as crianças tenham uma leitura pré-silábica, já no jardim dois. A nutrição das crianças também é um dos pontos de destaque. ‘Todas as refeições são balanceadas e nosso nutricionista busca o melhor para cada situação", comenta Tereza.

(Fonte: Race Comunicação)